SIM À VIDA DESDE A CONCEPÇÃO

"O egoísmo é a fonte de todos os vícios, como a caridade

                       é a fonte de todas as virtudes".

                                      - Allan Kardec

 

 

 

Sim à Vida desde a Concepção é um valor ético no Lar Paulo de Tarso. Acolhemos crianças e adolescentes com os mais variados e delicados problemas pessoais, familiares e sociais, mas para cada uma delas a pujança pela vida sempre foi a grande força motriz.

Ao sermos a favor da vida desde a concepção, consequentemente somos contra o aborto, o suicídio, a pena de morte e a eutanásia. Apoiamos a doação de órgãos, assim como tudo o que soma para o esplendor de viver. Diga sim à vida.

 

      • Sobre o Aborto
      • Sobre o Suicídio
      • Sobre a Pena de Morte
      • Sobre a Eutanásia
      • Sobre a Doação de Órgãos

 

  • SOBRE O ABORTO

Na foto abaixo um fotógrafo registrou, durante uma intervenção cirúrgica para corrigir um problema de espinha bífida realizada no interior do útero  materno, num feto de apenas 23 semanas de gestação, um eloquente gesto a favor da vida.

Enquanto Paul Harris cobria, na Universidade de Vanderbilt em Nashville, Tennessee, Estados Unidos, o que considerou uma das boas notícias no desenvolvimento deste tipo de cirurgia, captou o momento em que o bebê tirou a sua mão pequenina do interior do útero da mãe, tentando segurar um dos dedos do médico que estava a operar.

A foto foi publicada por vários jornais dos Estados Unidos e a sua repercussão cruzou o mundo até chegar à Irlanda, onde se tornou uma das mais fortes bandeiras contra a legalização do aborto. A pequena mão que comoveu o mundo pertence a Samuel Alexander (no dia da foto ele tinha quase cinco meses de gestação).

 

- Texto Confie (ou uma ode à paz) de Marcondes Meireles.
- Vídeo reflexivo sobre a Vida Intra-Uterina. (Por Ria Ellwanger, fotos do National Geographic Channel obtidas por uma microcâmera no útero de uma gestante).
- S
ite do Movimento Nacional da Cidadania pela Vida - Brasil sem Aborto.

   

 

  • SOBRE O SUICÍDIO

 

"Setembro Amarelo" é um movimento mundial de prevenção ao suicídio. Nada é melhor do que viver. Nenhum problema, nenhuma dor são infinitos. O suicídio direto ou indireto, será sempre um atalho para caminhos mais dolorosos. A morte não existe, a vida jamais desaparecerá.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública, matando 01 (um) brasileiro a cada 45 minutos e 01 (uma) pessoa a cada 40 segundos em todo o planeta. 

Registramos também neste espaço as drogas (Ex: crack, álcool etc.), que as incluímos como agentes no chamado suicídio indireto. Em uma parcela significativa das crianças acolhidas institucionalmente, encontraremos o uso de drogas pelos seus responsáveis como causa principal da desestruturação familiar.

- Vídeo reflexivo sobre o Suicídio.
- Vídeo sobre Qual é o seu Problema?
- Vídeo reflexivo sobre as Drogas.
- Site do CVV - Centro de Valorização da Vida.

"Nenhum obstáculo é grande demais quando confiamos em Deus".  - Aristóteles  

 

  • SOBRE A PENA DE MORTE

Ninguém pode tirar aquilo que não lhe pertence. Cabe a nós atuarmos pela reeducação do ser humano, sem nunca nos sentirmos no direito de definir pela interrupção da sua existência. A vida é uma dádiva exclusiva de Deus.

- Vídeo reflexivo sobre A Pena de Morte.

“Não será preferível corrigir, recuperar e educar um ser humano que cortar-lhe a cabeça?”.  Dostoiévski 

  • SOBRE A EUTANÁSIA

Utilizemos todos os meios éticos possíveis para a manutenção da vida. Ninguém sabe as mudanças íntimas significativas que um segundo a mais poderá ocasionar na intimidade de uma pessoa, além das mudanças inexplicáveis para o homem de diagnósticos ditos imutáveis. Só Deus tem o domínio completo do contexto da vida.

- Vídeo reflexivo sobre a Eutanásia.

Conheço muitas razões pelas quais eu morreria, mas não conheço nenhuma pela qual eu mataria". - Gandhi 

 

  • SOBRE A DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

 

É um grande ato de amor a doação de órgãos. Propiciar a alegria da continuidade de uma vida ou a melhoria na qualidade de vida de uma pessoa, demonstra o nosso desapego em benefício da fraternidade. E se fôssemos nós os necessitados, gostaríamos de ter um doador de órgãos? 

A legislação brasileira exige que após o seu falecimento um familiar (até segundo grau de parentesco) autorize, por escrito, a retirada dos órgãos. Portanto, é fundamental que a sua família saiba da sua decisão de ser doador de órgãos.

Vídeos reflexivos sobre a Doação de Órgãos:

- Laços 
- Já escolheu? 

 "A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor". - Lao Tsé 

------------------------------------------------------------------------
Clique aqui e saiba como colaborar com o Lar Paulo de Tarso
------------------------------------------------------------------------